sexta-feira, 9 de dezembro de 2016

Projeto Majestic 12: Componentes

Na década de 40, nazistas, estadunidenses e soviéticos supostamente interagiram com inteligências extraterrestres. Logo após a Segunda Guerra Mundial, a disputa entre Estados Unidos da América e a União Soviética se tornou evidente por causa da grandiosidade que as duas nações representavam no mundo naquele momento. A partir daí a Guerra Fria acontece e cada um destes países buscam a superioridade em relação ao outro.
A corrida para o Espaço também teve sua importância, pois a União Soviética colocou o satélite “Sputnik 1” bem acima de nós em 1957, e para não ficar “atrás” os EUA vai a Lua em 1969.
Em meio a estes acontecimentos, no ano de 1947 surge o Majestic 12 , “Majic 12”, “MJ-12” ou “MJ-XII” que foi um projeto formado por 12 pessoas dos mais diferentes e altos escalões do governo dos EUA. O Presidente Harry Truman criou este comitê para investigar e abafar acontecimentos que ovnis e outros fenômenos provocavam.
Se você já foi interpretado como um “louco, ou fantasiador” ao relatar um avistamento pessoal, assim como eu, com certeza entenderá. Saiba que isto era um dos objetivos do Majestic 12, nos tornar pessoas ridicularizadas e desacreditáveis. Até hoje (2016) há quem “sorrir” quando há relatos estranhos feitos por testemunhas simples, que não possuem motivos para mentir.
Investigações posteriores do FBI constataram que a assinatura do Presidente Truman nos documentos do Majestic 12 era falsa, pelo menos foi o que o agente Joe Nickell (cético) percebeu com suas investidas e pesquisas independentes.
MJ12j2


Os primeiros membros deste comitê são listados  –
Hillenkoetter
 Almirante Roscoe Henry Hillenkoetter  (08 de Maio de 1897 – 18 de Junho de 1982).
Graduado na Academia Naval dos Estados Unidos. Ocupou o posto de Diretor da Central de Inteligência (DCI) criada pelo Presidente Harry Truman em 1946 e foi o primeiro diretor da CIA (1947-1950).


James Vincent Forrestal (15 de Fevereiro de 1892 – 22 de Maio de 1949).
Foi o primeiro Secretário de Defesa dos Estados Unidos e por uma decisão inesperada do Presidente Truman foi demitido do cargo em 31 de Março de 1949.  Em 02 de Abril de 1949 foi internado no Hospital Naval de Bethesda por problemas psíquicos, talvez por estar passando por uma forte depressão. Em 22 de maio de 1949, ainda internado,  foi encontrado morto na passarela coberta do Hospital a alguns andares abaixo do seu. Havia amarrada em seu pescoço uma faixa de roupão. Uma comissão da Marinha que foi responsável pela investigação de sua morte concluiu meses mais tarde que Forrestal morrera devido a queda, sem mencionar, no entanto, as razões que o levaram a cair.  O relatório da investigação foi mantido em segredo até 2004. Neste ano o Dr. Dr. Winfred Overholser, presidente da Associação Americana de psiquiatria, analisou os documentos e concluiu que Forrestal cometera suicídio e que que morrera devida a queda. Os debates sobre as estranhas circunstãncias de sua morte continuam até hoje. Muitos afastam a ideia de suicídio e afirmam que Forrestal, na verdade, tenha sido morto por agentes do governo americano.
Vannevar_Bush

Dr. Vannevar Bush (11 de Março de 1890 – 30 de Junho de 1974).
Engenheiro elétrico, físico, inventor e político estadunidense nascido em Everett, Massachusetts, conhecido pelo seu papel político no desenvolvimento da bomba atômica e pela ideia da memex (1945). O memex é visto como precursor da world wide web (www).

Nathan_Twining

General Nathan Farragut Twining (11 de Outubro de 1897 – 29 de Março de 1982).
Nascido em Monroe, Wisconsin, foi o Chefe da Força Aérea dos Estados Unidos de 1953 a 1957.


Hoyt_Vandenberg

General Hoyt Sanford Vandenberg (24 de Janeiro de 1899 – 02 de Abril de 1954).
Foi  o general da Força Aérea dos Estados Unidos (o seu segundo chefe do Estado-Maior) e segundo diretor da Central Inteligencia (DCI). Vandenberg foi chefe da inteligência militar dos Estados Unidos durante a Segunda Guerra Mundial.

detlev
Dr. Detlev Wulf Bronk (13 de Agosto de 1897 – 17 de Novembro de 1975).
Foi presidente da Universidade Johns Hopkins em Baltimore, Maryland, 1949-1953 e presidente da Academia Nacional das Ciências 1950-196 (antes disso, foi presidente do Conselho Nacional de Pesquisa).

hun.
Dr. Jerome Clarke Hunsaker (26 de Agosto de 1886 – 10 de Setembro de 1984).
Foi um aviador americano nascido em Creston, Iowa, e estudou na Academia Naval e no Intituto de Tecnologia de Massachusetts.


Souers

Almirante Sidney William Souers (30 de Março de 1892 – 14 de Janeiro de 1973).
Foi um almirante americano e especialista em inteligência e ocupou diversos cargos no governo. Foi diretor de Inteligência Central, do Grupo Central de Inteligência, em 1946; Secretário Executivo do Conselho de SegurançaNacional, 1947-1950; Consultor Especial do Presidente em assuntos militares e estrangeiros, 1950-1953. O Almirante Souers foi nomeado como primeiro diretor da Central Inteligência em 23 de janeiro de 1946 pelo presidente Harry S. Truman.


MJ-Gray
Gordon Gray (30 de Maio de 1909 – 26 de Novembro de 1982).
Foi um funcionário do governo dos Estados Unidos durante as administrações dos  Presidentes Harry Truman (1945-1953) e Dwight Eisenhower (1953-1961), associada com a defesa e a segurança nacional. Gordon Gray se formou na Universidade da Carolina do Norte em 1930. Ele recebeu seu diploma de Direito pela Universidade de Yale em 1933 e exerceu a advocacia por dois anos em Nova York. Foi nomeado secretário do Exército em 1949 pelo Presidente Harry S. Truman. Foi Conselheiro de Segurança Nacional de 1958 até 1961 do Presidente Eisenhower.

Donald Menzel
Dr. Donald Howard Menzel (11 de Abril  de 1901 – 14 de Dezembro de 1976).
Foi um astrônomo e astrofísico americano. Além de sua contribuição acadêmica para o campo da astronomia, Menzel foi um cético proeminente sobre a realidade dos OVNIs. Ele é autor de três livros muito conhecidos: UFOs: Discos Voadores(1953), O Mundo de discos voadores: Uma análise científica de um grande mito da Idade do Espaço (1963, co-autoria com Lyle G Boyd), e O Enigma UFO: a explicação definitiva do Fenômeno UFO (1977, co-autoria com Ernest H. Taves). Em todos os seus livros, Menzel argumenta que os OVNIs não eram nada mais do que erros de identificação de fenômenos naturais e corriqueiros, como estrelas, nuvens e aviões, ou fenômenos atmosféricos que as testemunhas não tinham conhecimento. Ele sugeriu que muitas vezes inversões de gazes atmosféricos ou de temperatura, podem distorcer estrelas ou planetas, e fazê-los parecer ser maior do que na realidade, incomum em sua forma, e em seu movimento. Menzel dificilmente realizava pesquisas de campo no que se refere ao fenômeno OVNI, limitando-se a dar explicações teóricas. Acreditava na existência  de civilizações extraterrestres tecnologicamente avançadas, mas refutava a possibilidade da viagem intergaláctica por elas. Menzel foi o primeiro cientista de destaque a discutir o assunto UFO, e, por isso,  suas teorias acabaram por influenciar o mundo acadêmico dessa época que buscava respostas sobre o assunto.
Robert Montague

General Robert  Miller Montague (07 de Agosto de 1899 –  20 de Fevereiro de 1958).
Foi Tenente-general do Exército dos Estados Unidos. Foi vice-comandante do Fort Bliss do Texas e comandante da Base Missile Sandia, no Novo México, Estado em que ocorreu a queda da nave. Por ter tido jurisdição no território de Roswell a época do incidente, Montague é citado como um dos primeiros agentes do governo americano responsável pelo acobertamento ao receber a notícia dos fatos.
ultimo

Dr. Lloyd Viel Berkner (01 de Fevereiro de 1905 – 04 de Junho de 1967).
Foi um físico e engenheiro. É notável como a primeira pessoa a medir a altura e a densidade da ionosfera (que se localiza entre sessenta e mil quilômetros de altitude, é composta de íons, plasma ionosférico, e, devido à sua composição, reflete ondas de rádio até aproximadamente 30 MHz.). Isso permitiu a primeira teoria completa de propagação de ondas curtas de rádio. Também investigou a evolução da atmosfera da Terra. Foi membro do “President’s Science Advisory Committee” em 1958. Começando em 1926, como oficial naval, Berkner ajudou no desenvolvimento do radar e sistemas de navegação, engenharia eletrônica naval, e nos estudos que levaram à construção do sistema de “Distant Early Warning”, uma cadeia de estações de radar projetado para dar aos Estados Unidos aviso prévio em caso de um ataque com mísseis em todo o Pólo Norte.  Escreveu mais de 100 artigos e vários livros, incluindo assuntos sobre foguetes e satélites.
fontes: