quarta-feira, 18 de janeiro de 2017

Morreu o último homem a pisar a Lua

O astronauta Eugene Cernan, o último homem na Lua

“A aterragem é como estar imerso numa folha de fogo, num cometa, numa estrela cadente”. As palavras são de Eugene Cernan, que fez parte da última missão tripulada à Lua – e foi o último homem a pisar o solo lunar.
Morreu aos 82 anos o astronauta Eugene Cernan. A notícia foi confirmada pela NASA através do Twitter esta segunda-feira, 16 de janeiro.
“Lamentamos a perda do antigo astronauta da NASA Gene Cernan, o último homem a andar na lua”, lê-se no tweet publicado na rede social.
Filho de mãe checa e pai eslovaco, Eugene Cernan esteve no espaço três vezes, a última delas como comandante da Apollo 17, a sua terceira missão e a última das missões do Programa Apollo a pousar na Lua. Antes, tinha estado em órbita da Lua na missão Apollo 10. Completou 566 horas e 15 minutos no espaço, 73 horas das quais na Lua.
Como comandante da Apollo 17, em 1972, Eugene Cernan foi o primeiro a descer da nave, à frente do seu co-piloto, o geólogo Harrison Schmitt, que se tornou o 12º homem a pisar a Lua. Mas, ao ser o último a reentrar no Módulo Lunar Challenger para a viagem de volta, Cernan tornou-se o último homem a pisar o solo lunar.
São dele também as últimas palavras de um ser humano na Lua, quando se preparava para subir a escada do Challenger.
Filho de mãe checa e pai eslovaco, Eugene Cernan esteve no espaço três vezes, a última delas como comandante da Apollo 17, a sua terceira missão e a última das missões do Programa Apollo a pousar na Lua. Antes, tinha estado em órbita da Lua na missão Apollo 10. Completou 566 horas e 15 minutos no espaço, 73 horas das quais na Lua.
Como comandante da Apollo 17, em 1972, Eugene Cernan foi o primeiro a descer da nave, à frente do seu co-piloto, o geólogo Harrison Schmitt, que se tornou o 12º homem a pisar a Lua. Mas, ao ser o último a reentrar no Módulo Lunar Challenger para a viagem de volta, Cernan tornou-se o último homem a pisar o solo lunar.
São dele também as últimas palavras de um ser humano na Lua, quando se preparava para subir a escada do Challenger.
“No momento em que deixamos a Lua e Taurus-Littrow, partimos como chegamos, e se for a vontade de Deus voltaremos com paz e esperança para toda a Humanidade. Quando dou estes últimos passos para fora da superfície lunar, gostaria de lembrar que o desafio da América de hoje forjou o destino do homem do amanhã. Deus abençoe a tripulação da Apollo 17”.
É dele a afirmação de que a Grande Muralha da China é a única construção feita pelo homem que é visível da Lua. Tal afirmação foi no entanto desmentida em 2003 pelo astronauta chinês Yang Liwei, que disse ter ficado decepcionado ao descobrir que não é possível ver a famosa construção a partir do espaço.
ZAP // NASA / Wikipedia

Alienígenas podem estar mais próximos do que imaginamos



Em 1975, o famoso astrofísico Carl Sagan sugeriu que poderia existir vida nas camadas superiores da atmosfera de Júpiter.

Esses organismos se alimentariam diretamente da luz solar e seriam capazes de se locomover pela atmosfera controlando a pressão dos seus corpos. Sua teoria nunca pôde ser comprovada, mas ele trouxe um novo rumo no que diz respeito à procura por vida extraterrestre. 

Anos depois, Jill Tarter, pesquisador do projeto SETI, identificou um novo tipo de astro: as anãs marrons frias. Esses corpos celestes possuem a maior parte dos elementos necessários para a vida: carbono, hidrogênio, nitrogênio e oxigênio.  Os cientistas acreditam que diferentes tipos de criaturas poderão habitar suas atmosferas, que têm temperaturas parecidas com as da Terra. 

Até o momento, foram encontradas apenas algumas dezenas de anãs marrons frias, mas os especialistas acreditam que poderão existir pelo menos dez em um raio de 30 anos luz da Terra. Se confirmada essa teoria, será possível iniciar a busca por vida terrestre nas proximidades do nosso planeta. 

Em 2018, o novo Telescópio Espacial James Webb será colocado em órbita. Suas capacidades técnicas, consideravelmente superiores ao seu antecessor Hubble, tornarão possível a identificação desses astros vizinhos.

FONTE: ABC IMAGEM: NASA

Robô da NASA envia imagem de soldado extraterrestre em Marte!

alienigenamarte

Parece que Marte continua a nos surpreender a cada imagem recebida pela sonda enviada da NASA!
Esta estátua foi encontrada por Paranormal Crucible do Youtube esta semana, e é uma espécie bipedal que tem um uniforme.
O extraterrestre está vestindo uma roupa e carregando alguma espécie de arma. A questão mais importante é, é uma estátua, ou foi esta pessoa petrificada (virou pedra) por uma arma horrível mas poderosa?