terça-feira, 13 de dezembro de 2016

HISTORIADOR DA NASA AFIRMA QUE PROVAS DE INTELIGÊNCIA EXTRATERRESTRE EXISTEM

E-mail enviado a John Podesta afirma existirem provas de alienígenas disponíveis
E-mail enviado a John Podesta afirma existirem provas de alienígenas disponíveis

INFORMAÇÃO SURGIU EM MAIS UMA LEVA DE E-MAILS LIBERADA PELO SITE WIKILEAKS; OUTRAS MENSAGENS AINDA COMENTAM SER FREQUENTES DETECÇÕES DE UFOS SE MOVENDO RAPIDAMENTE, VINDOS DO ESPAÇO PROFUNDO

Em mais uma série de e-mails de importantes personalidades e membros do governo norte-americano, tornados públicos pelo site Wikileaks, surgiram novas menções a visitas alienígenas. As mensagens usam o termo “Fastwalker UFOs”, que seria utilizado pelo Comando de Defesa Aeroespacial Norte-Americano (Norad), além de outras instituições das Forças Armadas, para descrever objetos não identificados que se movem e realizam manobras em altíssimas velocidades, muito além do possível com nossas tecnologias atuais.
Um dos e-mails tem a data de 06 de março de 2015 e foi mandado para John Podesta, que chefiou a campanha derrotada de Hillary Clinton à Presidência dos Estados Unidos. O autor da mensagem é Bob Fish, historiador da NASA e Curador do Projeto Apollo para o Museu USS Hornet, montado sobre esse porta-aviões da Marinha norte-americana. Na mensagem, Fish comenta ter acompanhado conversas de pessoal do Programa de Defesa de Satélites (DSP) sobre Fastwalker UFOs. A mensagem diz: “Em uma dessas vezes, um membro do grupo realmente ficou espantado, dizendo que captou um UFO. Ele descreveu como essa coisa entrou em nossa atmosfera vindo do espaço profundo (origem desconhecida, veio de trás do satélite) e passou muito rápido pelo satélite, rumando para a Terra”.
A mensagem de Fish aponta para o fato de que ele reconhece que evidências pouco convincentes não iriam convencer o público em geral. Em outro e-mail para Podesta, com data de 05 de março de 2015, Fish deixa clara a necessidade de provas contundentes para convencer o público: “O que precisa ser conseguido e disseminado publicamente é informação científica acurada, coletada por instrumentos que sabemos serem confiáveis. Nos Estados Unidos, essa informação existe há muitos anos e ainda está disponível hoje. Se alguém souber onde e o que procurar”. Alguns desses e-mails foram repassados para a jornalista Leslie Kean, autora de UFOs: OVNIs – Militares, Pilotos e o Governo Abrem o Jogo, da Editora Idea. Kean é entrevistada da edição 180 da Revista UFO (veja abaixo) e tem há muito tempo defendido a liberdade de informações ufológicas.