sexta-feira, 19 de setembro de 2014

Torcedor do Grêmio chama Aranha de "fedorento".

O goleiro Aranha foi alvo de muitas vaias e xingamentos na sua volta à Arena do Grêmio, três semanas depois de ter ouvido ofensas de cunho racial no duelo entre Grêmio e Santos pela Copa do Brasil. O goleiro escutou protestos desde o momento em que entrou em campo para o aquecimento. Uma das câmeras do SporTV flagrou um torcedor gremista chamando o camisa 1 do Santos de "fedorento".
Com as mãos na boca, para tentar evitar que os xingamentos fossem identificados, e bem ao lado de uma criança, o jovem chama duas vezes goleiro de "fedorento" e "relaxado".
Gremista xingando Aranha de "fedorento" e "relaxado" (Foto: Reprodução SporTV)Ao lado de menino, torcedor xinga Aranha durante Grêmio e Santos na Arena (Foto: Reprodução SporTV)
Nesta sexta-feira, na volta a São Paulo, Aranha lamentou a postura de boa parte dos presentes ao estádio, dizendo que eles pareciam apoiar o episódio ocorrido em 28 de agosto, quando foi chamado de "macaco" e disse ter ouvido coros que imitavam o som do animal.
- Não me chamaram de preto fedido, mas me chamaram de branquelo. Era piada? Eles te chamam de tudo o que é coisa. Torcedor se manifestar contra o adversário é normal. Mas o que acontece lá é um caso à parte, é diferente - declarou o goleiro santista.
Aranha demonstrou surpresa com a reação.
- Eu sinceramente pensava que a maioria não concordava com as atitudes, que eles iam tentar passar outra imagem. Mas ficou claro que é um pensamento quase geral da torcida do Grêmio. Pode pegar no meu pé (nas próximas partidas na Arena), não tem problema. Eu não vou desrespeitar ninguém. A denúncia eu fiz para fazer valer meus direitos - afirmou.
Por Porto Alegre