terça-feira, 18 de março de 2014

Viação Anapolina volta a operar parcialmente no Entorno do DF

Retorno abrange garagens de ValParaíso de Goiás, Jardim Ingá, Luziânia e Novo Gama
Reprodução/TV Record Brasília


Pivô das manifestações contra a má qualidade dos transportes públicos no Distrito Federal e na região do Entorno, a empresa Vian (Viação Anapolina) retomou nesta terça-feira (18) parcialmente as atividades paralisadas desde o dia 15. Segundo o presidente do Sindicato dos Rodoviários do Entorno, Reinan Rocha, a decisão pelo retorno às atividades abrange as garagens de Valparaíso de Goiás, Jardim Ingá, Luziânia e Novo Gama, cidades da região do Entorno do DF. Já na Cidade Ocidental, a proposta foi recusada por unanimidade e, portanto, a paralisação continua. Em Lago Azul, os trabalhadores aguardam reunião com diretores para decidir se a greve continua.  
Os ônibus começaram a sair da garagem, até então bloqueada pelos trabalhadores, pouco antes do meio-dia, quando representantes da empresa assumiram o compromisso, com representantes dos trabalhadores e do Sindicato dos Rodoviários do Entorno, de quitar, nos próximos dias, todas as pendências.  
A proposta da empresa foi apresentada após a ANTT (Agência Nacional de Transportes Terrestres) ter anunciado que fará um chamamento público para contratar uma ou mais empresas de ônibus interessadas no transporte de passageiros na Saída Sul do Distrito Federal, que precisam se deslocar para a capital federal. A medida, de caráter emergencial, prevê que 220 ônibus entrem em funcionamento, a partir do início de abril, operando paralelamente às atuais empresas que atuam nessa rota.  
De acordo com o assessor jurídico da Viação Anapolina, Antenor Brito, o atraso nos pagamentos se deve ao fato de há dois anos a empresa não fazer reajustes de suas tarifas.   
— Nesse meio tempo, tivemos um aumento de 24,73% com pessoal, gasto que representa 43% do custo da tarifa. Sobre o pagamento do benefício vale-alimentação, o sindicalista Reinan Rocha disse que o presidente da Anapolina, Leônidas Júnior, garantiu que o benefício vencido de março vai começar a ser pago na próxima segunda-feira (24).  
Leônidas Júnior disse ainda que não há pendências anteriores, mas a informação foi desmentida por vários trabalhadores que estavam em frente à garagem da empresa.  
O cobrador Alex Batista afirma que não recebe o ticket desde fevereiro.   
— Quanto ao pagamento de março, só recebi parcialmente, no dia 7.  
Na Cidade Ocidental, os funcionários decidiram, por unanimidade, que só retornarão ao trabalho depois de terem seus salários depositados.   
—Fomos informados pela empresa que outras localidades já aceitaram retornar ao trabalho. Mas nós somos a Cidade
Ocidental e temos nossa autonomia para resolver nossos problemas aqui, disse o motorista Pedro Luiz Lima, uma das lideranças dos trabalhadores lotados na Cidade Ocidental.